Make your own free website on Tripod.com

Iquenaton e o interlúdio herético no Egito faraônico

Ronaldo Gonçalves
Unesp – Assis

A antiga religião egípcia, caracterizou-se por um grande panteísmo zoomórfico que incluía a crença em um juízo final, representado pelo Tribunal de Osiris. Neste quadro, também caracterizado como politeísta, um grupo de buscadores da luz maior reunia-se às escondidas formando o que conveniou-se chamar de Escolas de Mistério. E, ocorreu que ao redor de 1330 AC um membro destas "escolas" logrou ser elevado a condição de faraó, fato este que propiciou uma heresia no quadro religioso de então.