Make your own free website on Tripod.com

Asas de Socorro: "Missionários Alados"
Izabel de Medeiros
Universidade Federal de Goiás

O trabalho de pesquisa monográfica sobre a Instituição religiosa e filantrópica "Asas de Socorro" foi desenvolvido no ano de 1998 em viagens semanais e mensais à sede da Instituição em Anápolis - Goiás. Seu trabalho pioneiro e diferenciado de outras missões, por utilizar o avião, inovaram o trabalho missionário, tornando-o rápido e eficiente. Trazido por missionários americanos na década de 50, Asas de Socorro têm trabalhado há 42 anos com Projetos Sociais direcionados à comunidades indígenas, Ribeirinhas e Kalungas (Projeto AMDE - Assistência Médico- odontológico e evangelístico) e Projetos de Qualificação profissional do quadro de membros de Asas de Socorro (Projeto Ferramentas para Líderes, Escola e Oficina de Aviação).

É a partir deste objetivo de "socorro espiritual" (evangelização) e físico, que a Instituição se desenvolve no Brasil, com ênfase à Região Amazônica e Goiás.

A partir da realização de entrevistas orais e ainda da utilização de documentação escrita (folhetos, folders, monografias, boletins informativos e Diário Oficial da União) e material iconográfico (fotos da Sede, dos pioneiros e locais atingidos pela missão). Buscamos, analisar o seu trabalho e impacto nas sociedades atingidas, problematizando teoricamente a questão conflituosa entre o missionário, o índio e o Kalunga, sendo utilizado na pesquisa os conceitos de aculturação e ideologia, ou seja, foi considerado na pesquisa, a instituição desempenhando um duplo papel: de "Agente de aculturação" e "Agente Ideológico".

Enfim, a proposta foi analisar com olhar científico este novo movimento religioso" Asas de Socorro" nestas quatro décadas de história nos ares brasileiros.