Make your own free website on Tripod.com

Inserção e Expansão do Pentecostalismo no Brasil ( 1910 - 1950 )

Antônio de Moura Pereira Filho.
Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Os fenômenos sociais com história recente e de grande expressão e larga propagação geralmente nos despertam a atenção e nos levam a questionamentos do tipo: como isso aconteceu? De onde vieram essas idéias? Quem integra esses grupos?

Esta pesquisa versa sobre o pentecostalismo, fenômeno que, embora de abrangência relativamente mundial, porém com peculiaridades regionais, tem sido a grande surpresa para os estudiosos da história social. Estes, observandoa história deste século, que todos criam - no final do século XIX - seria marcada pelo materialismo cético, filho do positivismo e do marxismo, constatam uma retomada em ritmo vertiginoso, da adesão aos ritos religiosos. O que se pretende abordar no primeiro momento da pesquisa é a história do pentecostalismo no Brasil, no período de 1910 a 1930. Nesse estágio da pesquisa analisaremos o modo pelo qual se deu a implantação das primeiras comunidades pentecostais e suas relações com asociedade local, isto é, nos centros de disseminação. Posteriormente, no segundo momento, verificaremos o fenomenal crescimento do pentecostalismo, investigando as possíveis causas, nas décadas de 1930 a 1950.